Sobre

O greening é uma doença sem cura que afeta os pomares de citros (laranja, limão e mexerica) no mundo inteiro. Devido ao seu grande poder destrutivo e alta capacidade de contágio, o greening é considerado a maior ameaça à citricultura em escala mundial.

Sobre

O greening é uma doença sem cura que afeta os pomares de citros (laranja, limão e mexerica) no mundo inteiro. Devido ao seu grande poder destrutivo e alta capacidade de contágio, o greening é considerado a maior ameaça à citricultura em escala mundial.

o que é o Greening?

O greening é transmitido por um inseto bem pequeno, chamado psilídeo, que vive nas árvores de murta (também conhecida como dama da noite) e citros (laranja, limão e mexerica). Depois que o psilídeo transmite a doença, a planta está condenada e precisa ser arrancada. As plantas infectadas pelo greening não chegam a produzir e as que produzem sofrem uma grande queda de frutos. Por esse motivo, a doença tem o potencial para devastar áreas produtivas inteiras e desestruturar diferentes elos da sociedade. Os efeitos do greening são devastadores. Um exemplo do seu poder destrutivo é o caso da Flórida, nos Estados Unidos. Em apenas 12 anos, a doença reduziu a produção de citros em mais de 54%, causando prejuízos estimados em 9 bilhões de dólares e a perda de mais de 7.500 empregos.

O mal provocado

O greening

O greening (huanglongbing/HLB) é a mais destrutiva doença dos citros (laranja, limão e tangerina) no Brasil. Não há variedade resistente à doença.

Contaminação

As árvores novas contaminadas pelo greening não chegam a produzir e as que produzem sofrem uma grande queda de frutos.

As bactérias

As bactérias causadoras do greening são transmitidas pelo psilídeo, inseto que voa longas distâncias e migra de áreas sem cuidado para pomares comerciais.

Cura?

Depois que o psilídeo transmite a doença, a planta está condenada. Não há cura e ela precisa ser eliminada.

A Solução

Ajuda

O Fundo de Defesa da Citricultura – Fundecitrus é um centro de pesquisa e transferência de tecnologia para a citricultura.

Controle

O controle do inseto de forma conjunta nos pomares e na área urbana ajuda a reduzir a incidência da doença.

Estratégias

A instituição desenvolve pesquisas há mais de 10 anos para encontrar estratégias para um controle mais eficiente e sustentável do psilídeo e do greening.

Uma luta para todos

A luta contra o greening e o psilídeo deve ser rígida e feita com a união de todos da sociedade.

A CITRICULTURA É RESPONSÁVEL POR

175.269 milhões de árvores produtivas no parque citrícola de São Paulo e Minas Gerais
398,35 milhões de caixas de laranja no parque citrícola de São Paulo e Minas Gerais
347 municípios com pomares de laranja no parque citrícola de São Paulo e Minas Gerais
9.845 propriedades citrícolas
414.353 hectares com pomares de laranja
200 mil empregos diretos e indiretos
US$ 14 bilhões movimentado anualmente
US$ 189 milhões em impostos pela cadeia produtiva de citros
61% da produção mundial de suco

A CITRICULTURA É RESPONSÁVEL POR

E

175.269 milhões de árvores produtivas no parque citrícola de São Paulo e Minas Gerais

E

398,35 milhões de caixas de laranja no parque citrícola de São Paulo e Minas Gerais

E

347 municípios com pomares de laranja no parque citrícola de São Paulo e Minas Gerais

E

9.845 propriedades citrícolas

E

414.353 hectares com pomares de laranja

E

200 mil empregos diretos e indiretos

E

US$ 14 bilhões movimentado anualmente

E

US$ 189 milhões em impostos pela cadeia produtiva de citros

E

61% da produção mundial de suco

IMPORTÂNCIA DA CAMPANHA

O greening não é só um problema fitossanitário. É uma ameaça econômica e social.

IMPORTÂNCIA DA CAMPANHA

O greening não é só um problema fitossanitário. É uma ameaça econômica e social.

18.15%

plantas de citros contaminadas
Parque citrícola de
São Paulo e Minas Gerais
(Fonte: Fundecitrus 2018)

52,6

milhões de árvores erradicadas por conta do greening de 2005 a 2017 (Fonte: Coord. de Defesa Agropecuária – CDA)

35

milhões de árvores contaminadas (Fonte: Fundecitrus 2018)

220.000

hectares foram erradicados por conta da doença (Fonte: Fundecitrus 2017)

REGIÕES AFETADAS

Nível de incidência

BAIXAINTERMEDIÁRIASEVERA

Substitua plantas de citros

como laranja, limão e mexerica de fundo de quintal por mudas de outras frutíferas. A substituição deve ser feita com a autorização da prefeitura.

Substitua as murtas (Damas da noite)

por mudas de outras árvores ornamentais como ipê, jacarandá, resedá, manacá e quaresmeira, pois não são criadouros do inseto transmissor do greening. A substituição deve ser feita com a autorização da prefeitura.

unidoscontraogreening

use a hashtag de nossa campanha

Seja embaixador da campanha

coloque o adesivo da campanha em seu veículo

Compartilhe

as informações da campanha em suas redes sociais.

PEÇA SEU ADESIVO

Solicite os adesivos nos formatos de carro, caminhão e caminhonete e propague a mensagem da campanha:

Quantidade de adesivo para carro
Quantidade de adesivo para caminhonete
Quantidade de adesivo para caminhão
Quantidade de adesivo para carro
Quantidade de adesivo para caminhonete
Quantidade de adesivo para caminhão

COMPARTILHE ESSA IDEIA

Compartilhe nas redes sociais e propague a mensagem da campanha:

Av.Dr. Adhemar Pereira de Barros, 201 - Vila Melhado - Araraquara – SP
CEP 14807-040

comunicacao@fundecitrus.com.br

(16) 3301-7000 / 0800-11-2155